DEVIR PLANTA

Artista: Luara Learth Moreira

Título, ano: Registro da performance “Flecha 2 talvez um raio”, 2017. 

Técnica: Fotografia

Foto: Taís Castro 

Na imagem vemos uma reprodução da obra de Luara Learth Moreira, intitulada “Flecha 2 talvez um raio”. Temos uma figura antropomórfica vermelha. Ela está nua, em meio a uma floresta, sobre um curso d’água. Seus olhos estão revirados, como em um transe. Ela puxa os cabelos e inclina a cabeça. 

Artista: Uýra Sodoma

Título, ano: Registro da intervenção urbana “Ponto Final, Ponto Seguido”, Cidade de Insbruck, Áustria, 2021. 

Este trabalho não faz parte do acervo do Museu Nacional da República. 

Fotografia retirada do perfil de Uýra Sodoma (@uyrasodoma)

Foto: @mari_the_mob

Na fotografia da performance de Uýra Sodoma, vemos uma intervenção urbana intitulada “Ponto Final, Ponto Seguido”. Observamos uma figura antropomórfica segurando dois regadores plásticos e regando a si mesma. 

A figura de “Flecha 2” na floresta, encara de volta o observador. Seu olhar é uma “flecha” que pode atravessar o homem e mostrar o que ele faz com a natureza.

A figura em “Ponto Final, Ponto Seguido” se coloca no espaço do observador, a cidade, insinuando um tornar-se planta. Com a sua rega, participa o público da sua alimentação e seus ritos simbólicos.

Em ambos percebemos a noção corporal de pertencimento e encontro com a natureza. Usam o corpo como ferramenta para explorar a intimidade do contato entre “ser natureza”, “ser planta” e “ser humano”. 

Educativa pergunta interessada na conversa com os públicos:

Você imagina a possibilidade de tornar-se planta? 

Para participar da ação, basta comentar as postagens dos vídeos nas redes sociais do Programa Educativa, respondendo às questões propostas com a #verdepertoMuN. 

Se preferir, você pode enviar suas respostas para o e-mail educativa@tuia.art.br com o assunto “ver de perto”.