QUAL O PAPEL DA ARTE, DOS MUSEUS E SEUS EDUCATIVOS NESTE MOMENTO, COM GLEYCE KELLY HEITOR

Fundo laranja com efeito sépia, onde se vê mulher de pele morena, cabelos escuros e lisos, camisa decotada e escura. Texto em fonte de cor branca. No canto superior esquerdo, com letras em destaque lê-se: GLEYCE KELLY HEITOR. Logo abaixo, em letras menores, lê-se: Arte, museus e seus educativos neste momento. No canto inferior direito, leia-se: WEBINÁRIO QUINTA 30/9 - 19h. No rodapé lê-se: Canal Youtube EducativaMuseuNacional.

Mediação cultural

O papel da arte, dos museus e seus educativos neste momentoCom

Gleyce Kelly Heitor Dia 30/09 às 19h

 

Qual o papel da arte, dos museus e seus educativos neste momento? 

O Programa Educativa entende que arte e museu podem pensar e atuar em diferentes aspectos da vida cotidiana em tempos de pandemia. Convidamos a educadora e pesquisadora Gleyce Kelly Heitor para refletir sobre o papel da arte, dos museus e seus educativos neste momento. Gleyce pesquisa as relações entre os museus, a arte contemporânea e a educação; as interfaces entre a museologia e o pensamento social brasileiro e as relações entre os museus e práticas pedagógicas populares.

 

Gleyce é graduada em História (UFPE) e mestre em Museologia e Patrimônio (Unirio-Mast). Tem experiência com elaboração, implementação e acompanhamento de projetos em mediação cultural, educação e programas públicos em museus, exposições e demais instituições de arte. Foi Coordenadora de Ensino da Escola de Artes Visuais do Parque Lage (2019) e professora substituta do Bacharelado em Museologia da Universidade Federal de Goiás (2017-2018). Atuou como coordenadora pedagógica do Programa CCBB Educativo Arte e Educação – 2018; integrou a equipe de implementação da Escola do Olhar – Museu de Arte do Rio, onde foi assessora e coordenadora pedagógica (2012-2017) frente aos projetos Escola e Museu, Acessibilidade e Inclusão, Ações Educativas e Formação Continuada de Equipes. Foi contemplada com a bolsa de qualificação profissional da CAPES para o Intercâmbio Acadêmico IBRAM – Escola do Louvre, oferecida pelo Instituto Brasileiro de Museus, que viabilizou um período de estudos e estágio, respectivamente na Escola do Louvre e na Diretoria de Mediação e Programação Cultural do Museu do Louvre (2016).